segunda-feira, 7 de dezembro de 2009

O dia em que o Petra esteve em Joinville


O ingresso perfurado usado por este blogueiro: histórico

Há exatos 11 anos, no dia 7 de dezembro de 1998 (também uma segunda-feira), a maior banda de rock gospel de todos os tempos se apresentava em Joinville num show inédito e histórico. O Petra foi a principal atração do Sul Gospel Festival, evento promovido pela então rádio Floresta Negra AM (hoje rádio Globo Joinville), que contou ainda com a participação do grupo Êxtase, banda Raízes e a cantora Aline Barros.

No palco recém inaugurado do Centreventos Cau Hansen, a banda, à época formada por John Schlitt (voz), Kevin Brandow (guitarra e teclados), Peter Orta (guitarra), Lonnie Chapin (baixo) e Louie Weaver (bateria), estava em turnê de lançamento de “God Fixation”, um dos melhores álbuns da fase final do grupo. A passagem pelo Brasil incluía mais dois shows, um em Vitória (ES) e outro em Brasília (DF).

Apesar da importância da banda e da boa fase vivida pelos demais artistas participantes, o Centreventos, com capacidade para 5 mil pessoas, não ficou lotado, mas pelo menos 2 mil devem ter sido testemunhas do memorável evento. Para uma cidade provinciana, de característica industrial e conservadora, fora do eixo dos grandes shows, foi realmente um feito e tanto. Ainda mais que caiu numa segunda-feira. E ainda mais ainda que o evento quase foi cancelado.

Um adiamento colocou em suspeita a presença do Petra em Joinville e, por conseguinte, a própria realização do festival. Tudo estava programado para o dia 30 de novembro, segunda-feira da semana anterior, mas os integrantes da banda, conforme informações oficiais, tiveram problemas com vistos e passaportes. O fato retardaria a chegada da banda à cidade, o que provocou a transferência de data por parte da organização.

Embora nos idos de 1998 o Petra já somasse 26 anos de atuação, para muitos, particularmente para os mais jovens (como este blogueiro), a banda ainda eram uma recente descoberta, a julgar também pela defasagem com que as novidades estrangeiras chegavam ao Brasil. Conhecer de perto o maior representante do rock cristão mundial, mesmo para aqueles sem muita afinidade com a banda, era uma boa justificativa para estar no festival. De fato, teve quem apenas foi por causa de Aline Barros, em alta naquele tempo, mas como o Petra estava lá mesmo, não custou nada esperar e curtir também o som da banda. Para os mais aficionados, em especial àqueles que conheceram o Petra ainda na fase dos LPs, a oportunidade de vê-los de perto era imperdível.

Não foi um show dos mais empolgantes. Em poucas canções o público cantou junto e interagiu. Pairava mais um ar de admiração e de expectativa do que de participação, coisa típica de plateia sem muita experiência no contato próximo ao artista. Mesmo assim, o registro musical foi de um valor muito superior aos R$ 10,00 do ingresso. E, após 11 anos, o valor histórico do evento também pesa bastante, aliado ao orgulho pessoal daqueles que puderam testemunhar o dia em que o Petra esteve em Joinville. Sem dúvida, uma boa lembrança para uma segunda-feira.

Só para constar, o Petra encerrou oficialmente sua trajetória em 2005, após 33 anos de atividade e uma discografia invejável com 40 trabalhos, incluindo álbuns de estúdio, ao vivo e coletâneas. O especial em CD e DVD “Farewell” (2005), gravado ao vivo, foi o disco de adeus do grupo. O vocalista John Schlitt, no entanto, segue firme com a carreira solo, iniciada mesmo antes do fim da banda. Ele ainda representa “a voz do Petra” e, enquanto estiver na ativa, sempre será uma centelha da banda a iluminar.

Confira aqui e aqui matérias do jornal A Notícia destacando a presença do Petra em Joinville. Foi ao show e quer comentar? Fique à vontade. Compartilhe também fotos e vídeos, se tiver. O Amplificador pode publicar.

6 Comentários:

Jason disse...

Eu fui...e fui por causa do Petra mesmo rsrsrsr, aprendi a gostar desta banda e pra mim foi o máximo...Saudades deles...Obrigado por trazer eles a lembrança.Abçs

Andrea disse...

Também fui... Na época conhecia poucas músicas da banda, hoje aproveitaria muito mais! Mesmo assim, como trabalhava em uma rádio de Jlle (UDESC Educativa), soltei várias músicas na rádio na semana do show. Não esqueço daquela segunda-feira... saí da rádio e fui direto pro Centreventos... O show já tinha começado.

dorival disse...

Eu fui tbm por causa do petra, moro em Curitiba-PR fui com dois amigos e duas amigas. Nós nos perdemos na chegada, mas depois achamos e foi muito legal!!!

Monica - MODA na MÚSICA disse...

Caráca! Vc fez um post sobre este dia?
Que máximo!

Eu tava lá! E lembro desse dia perfeitamente. Naquela época eu nem sabia direito quem era a banda. Mal sabia q algum tempo depois ia amar o rock.

Valeus por "trazer eles a lembrança" como disse o colega ali em cima.

Abraçosssss!!!!

Denilson disse...

Noossa! Que lembrança boa. Eu fui nesse show e ainda tenho o ingresso guardado. Meu pai era o pastor da AD em Brusque, na época, e foi junto comigo nesse show. Ele curtia e ainda curti muito o Petra! Foi um show inesquecível não só pela performance roqueira dos "meninos" do Petra, mas também pela impactante mensagem do evangelho pregada naquela noite. Minha irmã foi curada durante aquele show! Realmente um momento único na minha vida, que esse teu post ajudou a relembrar!

Dorival disse...

Olá Denilson, tudo bem? E daí por acaso você tem alguma foto ou video, ou algum tipo de registro gravado daquele evento? Se tiver e puder me passar, o único intuito é guardar de lembraça e recordação, nada mais que isso. Um abraço, fique na Paz de Cristo!!!

Related Posts with Thumbnails
Creative Commons License
O blog Amplificador, de [jb] João Batista, está sob uma licença Creative Commons Atribuição-Uso Não-Comercial-Vedada a Criação de Obras Derivadas 3.0 Brasil License.
Based on a work at Blog Amplificador.
Permitida a reprodução, total ou parcial, desde que citada a fonte e o autor, exceto para uso com fins comerciais.

Amplificador © 2008. Template by Dicas Blogger.

TOPO