quarta-feira, 30 de setembro de 2009

The Insyderz anuncia produção de novo álbum


Conforme informação na página do Facebook da banda, “The Sinner’s Songbook” será o nome do novo álbum do The Insyderz. O grupo já está trabalhando em novas composições. O anúncio traz boas expectativas não só para os fãs da banda, parada desde 2005, mas também aos apreciadores em geral do ska cristão, visto que os outros grandes representantes do estilo – o The O.C. Supertones e o Five Iron Frenzy – já encerraram as atividades.

O The Insyderz começou em 1996 com a primeira apresentação no Cornestone Festival, lugar também de uma das últimas aparições da banda, em 2003. Apesar da trajetória relativamente curta e de sofrer diversas alterações na formação, o grupo, com cinco álbuns de estúdio lançados, soma um legado musical inconfundível e que será sempre lembrado como referência mundial.



(Via It.sounds..like…)

terça-feira, 29 de setembro de 2009

Heloísa Rosa participa de seminário em Joinville

Nos dias 9 e 10 de outubro (sexta-feira e sábado), a cantora Heloísa Rosa estará ministrando em Joinville (SC) durante o seminário Impacto, na Igreja Cristã Bíblica Resgatte (Rua Dr. João Colin, 1364), realizado pelo ministério Irineo Grubert (MIG). Durante os dois dias, as apresentações acontecem em dois horários: à tarde, às 15hs, e também à noite, a partir das 19:30hs. A programação do seminário, que inicia em 08/10 (quinta-feira), terá ainda a presença dos pastores Irineo Grubert, Luiz Hermínio e Gustavo Lara. A inscrição para o evento (três dias) custa R$ 25,00. Os primeiros 450 inscritos ganham o CD “Tu És Adorado Vol. 4”, da série Atmosfera de Adoração.

Heloísa Rosa, com o apoio e a produção musical criteriosa dos rapazes do Palavrantiga, tem três trabalhos solos lançados: “Liberta-me” (2005), “Andando na Luz” (2006) e “Estante de Vida” (2008). Mas em 2004 ela já dividia a autoria do álbum “Unção Que Une” com o ministério do pastor Irineo Grubert, assinando metade das faixas. Antes de iniciar a carreira individual, a cantora teve passagens por vários ministérios, entre eles o Paixão, Fogo e Glória (David Quinlan), Santa Geração (Antônio Cirilo) e Clamor Pelas Nações (Ricardo Robortella). Participou também em projetos com os cantores Fernandinho, Lucas Santana, Daniel de Alencar e Lucas Souza.

sexta-feira, 25 de setembro de 2009

Breaking The Silence muda de nome e retorna em nova gravadora

A banda Breaking The Silence agora se chama The Letter Black. A mudança marca a estreia do grupo pela gravadora Tooth And Nail, selo que geralmente aposta em novos talentos do rock. O EP “Breaking The Silence”, com seis faixas, traz o título do “velho” nome, mas a banda apresenta um som modificado, mais moderno, diferente do primeiro álbum. Para mostrar as novidades, o grupo pega carona no “Awake & Alive Tour”, turnê de lançamento do novo álbum do Skillet pelos EUA. Bem acompanhados e assessorados, tudo isso já é um novo começo para o grupo que estava apenas começando.

The Letter Black é liderada pela vocalista Sarah Anthony, seguida por seu marido, Mark Anthony (guitarra, vocal), Mat Slagle (bateria) e Terry Johnson (guitarra). Formado em 2006, o grupo retorna com uma base forte de fãs, estabelecida a partir do álbum “Stand”, lançado em 2007. Apesar de o primeiro CD ser apenas mediano, a banda tem uma performance ao vivo muito boa. Tanto o álbum como as apresentações logo chamaram a atenção das gravadoras. Após a banda ser cortejada por vários selos, o casamento se deu, enfim, com a Tooth And Nail, sob a batuta do produtor Toby Wright, que já assinou trabalhos de Korn e Alice In Chains.

O nome da banda (algo como “A Carta Preta”, numa tradução livre), é uma referência às circunstâncias da vida, envolvendo coisas boas e ruins. Mark Anthony explica: “Nossas músicas não são sempre felizes, mas sim sobre as situações da vida real. Todos nós passamos por diferentes capítulos em nossas vidas e, nesses capítulos, escrevemos cartas de bons e maus momentos. Algumas cartas estamos felizes em compartilhar. Outras, não estamos tão orgulhosos em revelar. Mas The Letter Black lembra-nos dos erros do passado que fizemos e nos ajuda a não cometer os mesmos erros”.

Ouça no MySpace do grupo faixas do novo EP. Confira abaixo “Stand”, faixa-título do primeiro álbum:



(Via New Release Tuesday e Apenas Música)

quarta-feira, 23 de setembro de 2009

Em outras palavras... (19)

O quarto poder:

(Via No Mundo da Lua News)

terça-feira, 22 de setembro de 2009

Músicas cristãs em 40 filmes de Hollywood

A matéria não é recente mais é uma curiosidade interessante. O site britânico Cross Rhythms compilou uma lista de 40 filmes de Hollywood (bons e ruins), lançados entre 1995 e 2006, que têm utilizado músicas cristãs nas trilhas sonoras ou no próprio enredo. Às vezes apenas um trecho, outras vezes, até mais de uma canção, o fato é que o cinema tem dado crédito aos artistas cristãos e às temáticas abordadas nas canções. Confira:

2006
FIREWALL (Firewall)
O filme com Harrison Ford tem uma cena numa igreja pentecostal onde a congregação está cantando "Jesus, Friend Of Singers", música do cantor britânico Paul Oakley.

WALK THE LINE (Johnny e June)
Baseado na vida do cantor Johnny Cash, o drama tem a música como pano de fundo. Entre canções históricas, é apresentada "I Was There When It Happened", um clássico gospel escrito originalmente por Fern Jones.

YOURS, MINE AND OURS (Os Meus, Os Seus e Os Nossos)
Nessa comédia familiar, há uma cena em que a banda punk canadense Hawk Nelson aparece tocando.

THE SECOND CHANCE (A Segunda Chance)
Filme estrelado pelo cantor Michael W Smith, apresenta Andrae Crouch, Jars Of Clay, Blind Boys Of Alabama, Reuben Studdard, Fred Hammond e J. Moss nas trilhas sonoras.

2005
THE CHRONICLES OF NARNIA: THE LION, THE WITCH AND THE WARDROBE (As Crônicas de Nárnia: O Leão, A Feiticeira e O Guarda-Roupa)
Traz na trilha canções de Jeremy Camp, Bethany Dillon, Toby Mac, Steven Curtis Chapman, Jars Of Clay e David Crowder Band.

DREAMER (Sonhadora)
Bethany Dillon, com a música "Dreamer", é destaque na trilha sonora do filme.

ELEKTRA (Elektra)
Traz a música "Sooner Or Later", da banda Switchfoot.

THE GOSPEL (O Evangelho)
Apresenta os cantores Yolanda Adams, Fred Hammond e Martha Munizzi.

TRANSPORTER 2 (Carga Explosiva 2)
"The Slam", de Toby Mac é apresentado no trailer do filme.

XXX: STATE OF THE UNION (Triplo X 2 – Estado de Emergência)
Possui trilha da banda P.O.D., com a música "Payback (Live)".

2004
NATIONAL TREASURE (A Lenda do Tesouro Perdido)
Tem a música "Wonder Of You", de Andy Hunter, no trailer do filme.

CONFESSIONS OF A TEENAGE DRAMA QUEEN (Confissões de Uma Adolescente em Crise)
Apresenta na trilha sonora "Na Na", da banda Superchick.

ELLA ENCHANTED (Uma Garota Encantada)
Trilha da banda adolescente já extinta Jump5, com "Walking On Sunshine".

SPANGLISH (Espanglês)
Nessa comédia protagonizada por Adam Sandler, "Show You Love", da banda Jars Of Clay, aparece no trailer.

THE PASSION OF THE CHRIST (A Paixão de Cristo)
Apresenta uma trilha sonora com músicas de vários artistas cristãos. Mercy Me, Third Day, Steven Curtis Chapman, Kirk Franklin e Yolanda Adams estão presentes.

2003
THE FIGHTING TEMPTATIONS (Resistindo às Tentações)
Filme com a participação da cantora pop americana Beyoncé, traz diversas referências ao gospel e ao rhythm & blues, apresentando estrelas como Shirley Caesar, Ann Nesby, T-Bone, Ramiyah, The O'Jays e Montell Jordan.

THE ITALIAN JOB (Uma Saída de Mestre)
Trilha com “Go”, de Andy Hunter.

VIEW FROM THE TOP (Voando Alto)
Comédia americana dirigida pelo brasileiro Bruno Barreto, tem trilha sonora com Natalie Grant ("No Sign Of It"), Plumb ("Boys Don't Cry") e Sixpence None The Richer ("I've Been Waiting").

JUST MARRIED (Recém Casados)
Apresenta "Beautiful", de Sarah Sadler, e "Here With Me", de Plumb.

LEGALLLY BLONDE 2 (Legalmente Loira 2)
Tem trilha de Superchick, com a música "Me Against The World".

THE MATRIX RELOADED (Matrix Reloaded)
Conta com a música "Sleeping Awake", de P.O.D., e também inclui a canção “Go”, de Andy Hunter, no trailer.

2002
A WALK TO REMEMBER (Um Amor Pra Recordar)
A trilha sonora deste clássico apresenta várias músicas da banda Switchfoot. A cantora Rachael Lampa também está presente com a canção "If You Believe".

JOSHUA (Joshua)
Apresenta trilha escrita e executada por Michael W. Smith.

WE WERE SOLDIERS (Fomos Heróis)
Nesse filme estrelado por Mel Gibson, a trilha sonora é marcada por canções de Jars Of Clay e Steven Curtis Chapman.

2001
KINGDOM COME (Kingdom Come)
Kirk Franklin produziu a trilha sonora inteira desse filme. Entre outros artistas, ele incluiu Mary Mary, Trin-i-Tee 5:7, Crystal Lewis e Kurt Carr na produção.

BOYCOTT (Boicote)
Apresenta na trilha Darwin Hobbs, Kirk Franklin e Beverly Crawford.

LEGALLY BLONDE (Legalmente Loira)
Traz "One Girl Revolution", da banda Superchick, no trailer, durante os créditos finais e na trilha sonora.

2000
ANY GIVEN SUNDAY (Um Domingo Qualquer)
Apresenta a canção "Whatever It Takes", da banda P.O.D.

BOUNCE (Bounce)
Tem Leigh Nash ("Need To Be Next To You") e Sixpence None The Richer ("Love") na trilha sonora.

LITTLE NICKY (Um Diabo Diferente)
"School Of Hard Knocks", de P.O.D., aparece na trilha.

1999
DRIVE ME CRAZY (Fica Comigo)
Uma comédia romântica que traz "Unforgetful You", de Jars Of Clay, na trilha sonora.

1998
DR DOLITTLE (Dr. Dolittle)
Trilha com a banda Out Of Eden tocando "Greater Love".

HARD RAIN (Tempestade)
"Flood", de Jars Of Clay, é usado como música de encerramento nos créditos finais.

JACK FROST (Jack Frost)
Trilha sonora com Bob Carlisle ("Father's Love") e Jars Of Clay ("Five Candles").

THE PRINCE OF EGYPT (O Príncipe do Egito)
Essa animação da DreamWorks inspirada na história de Moisés traz na trilha sonora principal o som de Amy Grant, com a música "River Lullaby". O disco com todas as canções do filme inclui DC Talk, Take 6, Kirk Franklin, Carman e Steven Curtis Chapman.

SHE'S ALL THAT (Ela É Demais)
Lançou o hit "Kiss Me", da banda Sixpence None The Richer.

1997
THE APOSTLE (O Apóstolo)
Steven Curtis Chapman fez a música-tema "I Will Not Go Quietly" e um vídeo com o protagonista do filme, Robert Duvall.

1996
THE LONG KISS GOODNIGHT (Despertar de Um Pesadelo)
Apresenta "The Chair" (Jars Of Clay) na trilha sonora.

MR WRONG (Deu Tudo Errado)
Apresenta "The Things We Do For Love" (Amy Grant) na trilha sonora.

1995
WAITING TO EXHALE (Falando de Amor)
CeCe Winans canta com Whitney Houston em "Count On Me" na trilha sonora.

(Fonte: Cross Rhythms)

sábado, 19 de setembro de 2009

Grammy Latino 2009 divulga indicados

Nesta quinta, dia 17, foi divulgada a lista com os indicados ao Grammy Latino, uma das principais premiações fonográficas da América Latina, que este ano chega à 10ª edição. Na categoria “Melhor Álbum Cristão em Língua Portuguesa” concorrem “Compromisso”, de Regis Danese (Line Records), “Eu Não Vou Parar”, de Marina de Oliveira (MK Music), “Eu Tenho a Promessa”, de Jozyanne (MK Music), “Depois Da Guerra”, da banda Oficina G3 (MK Music), e “”, de André Valadão (Graça Music).

Marina de Oliveira, Jozyanne e Regis Danese são estreantes no prêmio. André Valadão, também indicado em 2008 pelo álbum “Sobrenatural”, soma mais uma nomeação. Já o Oficina G3, concorrente em 2005 (“Além Do Que Os Olhos Podem Ver”) e em 2007 ("Elektrakústica"), participa pela terceira vez.

O Grammy Latino é entregue pela The Latin Recording Academy, fundada em 1997 pela The National Academy of Recording Arts & Sciences, dos EUA, para premiar as produções fonográficas gravadas em português e espanhol. A cerimônia de premiação aos vencedores de 2009 acontece no dia 5 de novembro, em Las Vegas. Confira neste link a lista completa dos indicados nas 49 categorias do prêmio.

sexta-feira, 18 de setembro de 2009

Vídeo: “Follow You”, de Leeland

Follow You” é faixa do novo álbum da banda Leeland, “Love Is On The Move”, lançado em 25 de agosto pela Essential Records. O vídeo tem participação especial de Brandon Heath. A banda e o cantor estiveram juntos no Camboja, onde o clipe foi gravado, em excursão pelo projeto Food For The Hungry.



(Via It.Sounds..Like…)

Comunidade Mosaic

A Mosaic é umas das mais charmosas comunidades que existem hoje como referência no mundo. Seu pastor líder se chama Erwin McManus. Além de pastor ele é um bom autor, ativista, cineasta e um inovador cuja especialidade é desenvolver e desencadear a faculdade criadora, inovação e a diversidade pessoal de um indivíduo ou uma organização.

Eles são uma comunidade de seguidores de Jesus Cristo, vivem pela fé, se movem pelo amor, e querem ser uma voz da esperança na terra. O nome da comunidade vem da diversidade dos membros e do simbolismo de uma humanidade quebrada e fragmentada que é transformada pelo trabalho das mãos de Deus.

Atualmente a comunidade tem 800 voluntários ajudando na estrutura com seus dons criativos e inspiradores. Eles apresentam trabalhos de teatro, música, dança, improvisação, artes visuais, poesia e design, entre outros projetos que envolvem palestras, estudos e assistência social. Eles já produziram algumas das melhores séries e vídeos já feitos por uma comunidade de fé. Você pode conhecer os vídeos neste canal do Youtube. Para aqueles que gostam de Nooma [série produzida por Rob Bell, líder da Mars Hill Church, uma das igrejas que mais cresce nos EUA], o Erwin McManus tem um projeto parecido chamado Crave. São três curtas metragens baseado no livro do “Soul Cravings” que contam três histórias distintas e que podem ser usadas em estudos bíblicos.

Confira abaixo uma das performances feitas pela Mosaic:



(Extraído de Solomon1, com alterações)

terça-feira, 15 de setembro de 2009

Avalon retorna à cena com álbum de inéditas

Após quase quatro anos sem um álbum de inéditas, o quarteto pop Avalon retorna à cena musical nesta terça, 15, com o lançamento do sugestivo projeto “Reborn”, pela E1 Entertainment, selo que substitui a longa parceria com a Sparrow Records. O “renascimento” se justifica já pelas mudanças no grupo. Janna Long é a única integrante remanescente da formação original, iniciada nos idos de 1996. Ela está agora ao lado do marido, Greg Long, e do casal Jeromi e Amy Richardson. Greg entrou no grupo em 2003, no lugar de Michael Passons – o “pai” do Avalon –, Jeromi estreou em 2007 substituindo Jody McBrayer, e a esposa, Amy, chegou no começo de 2009, após saída de Melissa Greene. Apesar das alterações, as vozes dos dois casais parecem combinar bem, sem descaracterizar a identidade do som produzido pelo Avalon em todos esses anos de jornada.

Essa identidade parece ser mesmo o que importa, independente da formação, considerando que este é o primeiro álbum de inéditas que não tem foto dos integrantes na capa. É um detalhe subjetivo, mas pode significar uma nova motivação. Quanto à musicalidade de “Reborn”, o álbum promete estar além do simples “Stand”, de 2006, trazendo um som moderno, original e empolgante. Mas nada muito inventivo, como poderiam esperar os fãs após quatro anos de “silêncio”. Apesar da aura de novidades, em “Reborn” há a marca do bom Avalon, presente em trabalhos anteriores, como “Oxygen” (2001) e “The Creed” (2004). Isso não significa que não houve evolução. A competência vocal do grupo permanece consistente e há mudanças sensíveis nos arranjos e nas melodias, agora com guitarras mais aparentes. Embora não seja o mesmo Avalon de 1996, é o mesmo Avalon de sempre.



(Via Jesus Freak Hideout)

segunda-feira, 14 de setembro de 2009

Fixar prepara CD de estreia pelo estúdio FdH


A banda Fixar, de Joinville (SC), trabalha na produção de seu primeiro álbum, a ser gravado pelo estúdio FdH Music, do ministério Filhos do Homem, de Pato Branco (PR). A partir de 18 de setembro o grupo cai na estrada para a primeira fase de gravações. O trabalho tem o apoio do ministério com a produção musical do tecladista Fabiano Barbosa, junto com o guitarrista Diego Hernandez, ambos do FdH. Com algumas músicas já prontas para gravar e outras em fase de desenvolvimento, a expectativa do grupo é que o álbum, ainda sem título, esteja finalizado em dezembro.

Juntos desde 2006, somando apresentações em diversas igrejas e eventos pela cidade, a ideia de lançar o primeiro CD amadureceu em 2009. Após orçar o custo do projeto em estúdios de Joinville, o grupo percebeu que demandaria um alto valor e um esforço a mais para o sonho ser realizado. Foi quando surgiu a possibilidade de gravar com a assinatura FdH e, ainda por cima, por um preço 50% mais barato que outros orçamentos. A FdH Music, produtora dos trabalhos do Filhos do Homem, tem aberto as portas para também atender projetos de bandas novas, por um preço acessível e com a já reconhecida marca do ministério FdH. Uma boa oportunidade para a Fixar, mesmo a quase 600 quilômetros de Joinville.

A trupe da Fixar é formada por Zé Bittencourt (voz, guitarra), Neander Ramos (teclado), Leo Braga (guitarra), Bruno Huk (bateria) e Lucas Bittencourt (baixo). O estilo do grupo vem da mistura de influências de cada um dos integrantes e passa pelo som do Anberlin, Paramore, Pillar, Hillsong United, Oficina G3, Resgate, entre outras bandas. Enquanto o CD fica na espera, você pode conferir um pouco de Fixar no site do grupo, que disponibiliza download grátis das faixas “Vivemos Só Pra Ti” e “Me Faz Feliz”. Assista abaixo apresentação ao vivo de “Teu Olhar”:



Links:
Site: http://www.bandafixar.com/
Twitter: http://twitter.com/fixar
Orkut: Fixar Banda

quinta-feira, 10 de setembro de 2009

Rock baiano via Satélite


Em atividade há três anos, a banda Satélite, de Vitória da Conquista (BA), preenche um espaço pouco explorado no rock gospel nacional. Com um vocal feminino de ótima qualidade à frente, o grupo transita pelo new metal e pelo rock progressivo. A formação é básica de uma rockband – voz, guitarra, baixo, bateria –, mas as distorções e efeitos nos instrumentais geram um som bem preenchido, envolvente, sem hiatos. Lembra em boa medida as nuances góticas do Evanescence, o metal sinfônico da finlandesa HB, ou ainda o hard rock do Oficina G3. Os bons vídeos publicados na internet dão provas da qualidade do grupo. Só falta agora um álbum de estreia, que certamente será bem recebido pelo público.

A banda é formada por Lara Valim (vocal), Jonathan Valim (guitarra), Stanley Patez (bateria) e Jodedson Jadson (baixo). A ideia do ministério surgiu com o casal Lara e Jonathan Valim que, junto com os demais integrantes, uniram o gosto pela música com a vontade de evangelizar. O nome do grupo baseia-se na própria definição de satélite – “astro sem luz própria que gira em torno de um astro maior” – numa referência direta da dependência do homem à Deus.

Confira os clipes de “Não Ver Razão” e “Castelo de Cristal”:



Links:
Blog Oficial: http://bandasatelite.blogspot.com/
Perfil MySpace: http://www.myspace.com/bandasatelite
Comunidade no Orkut: Banda Satélite

(Conheci a banda via Next Songs)

quarta-feira, 9 de setembro de 2009

Close: uma banda brasileira de meninas

O perfil delas no PalcoMP3 e em outros links está sem atualização. Mesmo que não estejam mais em atividade, dá para conferir o trabalho delas na internet. Close é a banda das meninas Juliana Carvalho (guitarra), Hallaine David (violino), Andréa Accioly (vocal), Marília Veloso (bateria) e Celinha (baixo), formada em 2002, em Recife (PE). A ideia e o nome do grupo saíram a partir de um encontro informal na casa de uma das integrantes. A proposta era fazer um rock alternativo, com músicas que transmitissem o que o nome da banda sugere: Close – mais perto de Deus. E as influências musicais para isso eram boas: DC Talk, Cold Play, Radiohead, U2, A-ha.

Com composições em inglês e em português, a banda já se apresentou em diversos eventos e festivais, inclusive conquistando prêmios. Em 2007 elas gravaram um CD de forma independente com tiragem limitada de 50 cópias, apenas para registrar o trabalho até então executado. Depois disso, o projeto infelizmente perdeu fôlego e, embora não exista nenhum anúncio oficial, a banda parece estar mesmo “closed”. Uma pena.

Perfil no MySpace
Perfil no Purevolume

Confira um clipe com a música "Redoma":

Septmus e Fixar abrem show do Oficina G3 em Joinville

As bandas joinvilenses Septmus e Fixar, reconhecidas pelas apresentações em diversas igrejas em Joinville e região, farão a abertura do show do Oficina G3, que acontece dia 10 de outubro, na Expoville, a partir das 20 horas. Ingressos antecipados para o evento disponíveis nas livrarias evangélicas pelo preço promocional de R$ 15,00.
O Oficina G3 faz apresentação única em Joinville pela turnê nacional de lançamento do álbum “Depois da Guerra”. Outras informações sobre o evento pelo telefone (47) 9934-3834.

Confira um pouco do trabalho das bandas de abertura:



Cartaz do evento (clique na imagem para ampliar):

(Via @fixar)

terça-feira, 8 de setembro de 2009

Switchfoot divulga vídeo de "Mess Of Me", single do novo álbum

Já está no Youtube o vídeo de "Mess Of Me", single para o novo álbum "Hello Hurricane", a ser lançado em 10 de novembro. Confira:


(Via @newreleasetue)

Clássicos de terça: "Teus Altares"

Inspirada no Salmos 84, "Teus Altares" é uma das músicas mais famosas do reconhecido músico, cantor e compositor Jorge Camargo. Escrita em 1984, ela ganhou uma adaptação de Guilherme Kerr (ministério Vencedores Por Cristo) na terceira estrofe ("Pois o Senhor é sol e escudo") em 1985. Nesses 25 anos, esse clássico brasileiro ganhou interpretação de cantores como João Alexandre e também alcançou outros países na voz do próprio Jorge Camargo. A primeira gravação da música veio pela VPC Produções no disco "Criação", lançado em 1986 pelo Grupo Semente, do qual Jorge Camargo era integrante novato. O grupo Semente surgiu em 1982 sob a liderança de Nelson Bomilcar, teve 7 anos de atuação e trouxe importante contribuição à música brasileira, muito antes do auge de bandas e ministérios nos anos 1990.

sábado, 5 de setembro de 2009

Com vistos negados, Bride cancela apresentação no Brasil

A apresentação da banda americana Bride, programada para o dia 7 de setembro, no SOS da Vida, em São Paulo (SP), foi cancelada. O grupo teve os vistos de viagem negados pela embaixada brasileira nos Estados Unidos. A informação só chegou à banda na sexta-feira, dia 4, o que dificultou qualquer tentativa para reverter a situação. “Fizemos tudo que estava ao nosso alcance e exploramos todas as possibilidades para fazermos com que a embaixada brasileira liberasse nossos passaportes e vistos, mas sem sucesso”, disse Dale Thompson, vocalista da banda, em comunicado oficial.

O Bride seria a principal atração do SOS da Vida 2009. O evento, organizado pela igreja Renascer Em Cristo, acontece no Expocenter Norte, a partir das 13h do dia 7, agora somente com bandas nacionais. Resgate, Katsbarnea, Praise Machine, Militantes, Código C, entre outras, permanecem na programação.

Confira abaixo a íntegra do comunicado do Bride sobre o cancelamento. O texto está publicado no site oficial do grupo:

A banda Bride estava escalada para tocar no SOS da Vida em São Paulo, Brasil, no dia 7 de setembro. O Bride já vinha ensaiando para o show semanalmente e estava em contato contínuo com os promotores no Brasil. O Bride enviou seus passaportes e toda a documentação para a embaixada do Brasil em Washington DC, juntamente com as instruções e o dinheiro para que eles expedissem os vistos o mais prontamente possível. Nós fomos avisados somente hoje, 4 de setembro, que os nossos vistos para viajarmos ao Brasil foram negados. O Bride não pode viajar ao Brasil porque a embaixada brasileira não vai poder liberar os nossos vistos e passaportes. Nós estamos muito desapontados com esta notícia. Nós estávamos ansiosos para retornarmos ao Brasil e para fazermos nosso show para o maravilhoso público brasileiro. Fizemos tudo que estava ao nosso alcance e exploramos todas as possibilidades para fazermos com que a embaixada brasileira liberasse nossos passaportes e vistos, mas sem sucesso. A todos os que estariam atendendo o SOS da Vida, esperando ver o show do Bride, nós nos desculpamos. Sentimos muito por todos os que esperavam pelo Bride. As nossas orações são para o Brasil e para que o SOS seja um grande evento e para que muitos sejam abençoados pelo Senhor.
Em Jesus Cristo,
Dale e banda Bride

quinta-feira, 3 de setembro de 2009

Superchick divulga vídeo de “Cross The Line

Após vários meses envolvida com a edição, a banda Superchick finalmente revela o vídeo premium da canção “Cross The Line”, faixa do disco “Rock What You Got”, de 2008. O vídeo foi filmado, dirigido, produzido e editado pelos próprios integrantes e com a ajuda dos amigos, expressando bem o desafio do grupo em seguir fazendo trabalhos independentes e criativos, sem interferências externas ou preocupado com aquilo que o mercado exige.

quarta-feira, 2 de setembro de 2009

Análise do CD "Confiarei", de Thiago Rodrigo Banda

Juntos há quase dois anos, os integrantes da Thiago Rodrigo Banda foram rápidos em apresentar ao público a primeira produção musical do grupo. Isso porque Thiago Rodrigo, vocalista e líder da banda, já estava com um projeto na gaveta. Era só questão de amadurecer a ideia e esperar o momento certo. O encontro de Thiago com Daniel (teclado) e Jefté (bateria) pelos corredores da Assembléia de Deus em Joinville deu o start para que o projeto saísse do papel, ganhasse fôlego e fosse de fato concretizado. Com algumas músicas sendo cantadas nos cultos da igreja, em eventos pela cidade e também bastante executadas na rádio 107,5 FM, naturalmente surgiu uma boa expectativa a respeito do primeiro CD da banda. O álbum viria em junho, inaugurando oficialmente a trajetória do trio.

Confiarei” soma dez canções, a maioria com letras de Thiago Rodrigo, e apresenta temáticas evangelísticas, mensagens de edificação e até uma balada romântica. O álbum tem produção e participação instrumental do reconhecido guitarrista Marcelo Vieira e se identifica por compor um recorte musical que atravessa diversas nuances do rock e do pop, revelando algumas influências técnicas dos integrantes, como Third Day, U2 e Coldplay.
A faixa de abertura do CD é “Quero Mergulhar”. Apesar da estrutura simples, a música tem um levada pop gostosa de ouvir e uma letra que “pega” fácil. A batida bem marcada da bateria e algumas quebras do ritmo no tempo certo dão motivos para seguir em frente e “mergulhar” nas outras faixas.

Te Amo” tem na letra uma abordagem muito semelhante à primeira música, parecendo até continuação, mas o que chama atenção aqui é que a faixa começa pelo refrão, coisa não muito comum em gravações mas hábito corriqueiro nas ministrações de louvor nas igrejas e em eventos. Isso é reflexo da experiência dos integrantes adquirida junto aos grupos de louvor dentro da igreja, ambiente com certa informalidade e contato direto com o público. E a canção é mesmo ideal para ser cantada ao vivo, pelo ritmo vibrante e convidativo que possui. O álbum poderia ter iniciado com ela.

A música seguinte é a faixa-título “Confiarei”. Tem uma letra bem colocada, num tom marcadamente evangelístico, e uma condução envolvente, embora isso seja comum nas músicas cristãs contemporâneas. Ela poderia manter com confiança a responsabilidade de ser uma das músicas de trabalho da banda, mas peca num detalhe incômodo: a introdução é praticamente igual à música “Pela Fé”, do cantor André Valadão. Intencional ou acidental, o fato é que essa referência acaba comprometendo a faixa inteira, justo naquela em que a força vocal de Thiago é bem evidente. Uma pena (ou algo bom, para quem curte muito André Valadão).

O deslize da terceira faixa provoca certa desconfiança e deixa o ouvinte de sobreaviso. Mas “Sou Tua Noiva” – quarta música – não deixa a peteca cair. Com letra do produtor Marcelo Vieira, a faixa faz o som dos teclados escorregar pelos ouvidos e causa boa sensação. Leve e redonda, sem tropeços, é uma canção para todo mundo gostar.

A quinta faixa vem no ritmo da anterior e traz uma harmonia bacana entre os instrumentos e a voz. “Igual A Ti” é bem preenchida, tem letra curta mas bastante reflexiva, e dá para ouvir várias vezes seguidas sem cansar. Isso é um aspecto místico da música em geral e depende muito de quem ouve. Não deixa, no entanto, de ser um ponto positivo, já que muitas canções são enjoativas logo de início.

Se o álbum tem uma faixa dispensável, essa é a sexta: “Vou Lutar”. Não vale a pena lutar por ela. Não que a música seja ruim em si, mas ela não provoca nenhum espanto nem nenhuma admiração e, além do mais, ainda faz lembrar (de novo) do repertório pouco criativo de André Valadão. O clima cinzento e seco da música a deixa muito fraca e, por isso mesmo, não consegue atender a expectativa do ouvinte.

Eu Quero Ir”, a faixa número 7, está no mesmo nível que a 5, ou até um pouco além. Tem um ritmo bem equilibrado, com subidas e descidas, e um refrão fácil de pegar que incentiva a cantar junto. A composição, de autoria do Grupo Judá, nome conhecido no circuito das igrejas da cidade, é responsável por dar uma “virada” no aspecto das músicas até então apresentadas. Isso porque as músicas seguintes têm uma identidade muito própria, destoando das demais e personalizando o trabalho de produção da banda. O melhor do CD parece ter ficado na parte final...

A baladinha romântica aparece na oitava faixa. “Te Conheci” é bem conduzida, bem tocada e bem apresentada, e segue num ritmo que só deve desagradar quem tem gostos muitos exóticos. Cantada como uma declaração de amor, a letra está bem escrita e, embora sem grandes pretensões, consegue fugir de algo muito convencional. É o tipo de música que cumpre com competência seu objetivo. E ainda traz uma graça a mais.

A penúltima música é forte candidata ao posto de melhor faixa do álbum. A mensagem de “Até Quando” apela àqueles que estão longe de Deus, é um convite à restauração do relacionamento com Deus. A letra de uma inspiração emocionante e o ritmo num balanço bem cadenciado forma um fio que conduz melodia e mensagem num encaixe perfeito. A música é lenta, porque precisa ser, e reflexiva, porque também precisa ser. O propósito específico da canção reclama para si um tom intimista, sensível e pessoal que consegue ser alcançado. Se bobear, ela te faz chorar. Mesmo!

A música bônus “O Teu Amor” é a faixa que encerra o álbum. E encerra muito bem, com um reggaezinho de levantar poeira, acompanhado de uma letra descontraída e bem humorada (mas nem por isso menos engajada espiritualmente). Ótima para se ouvir numa sexta-feira de sol.

No geral, as muitas referências que se cruzam em “Confiarei” despersonaliza o caráter autoral do trabalho da banda, percebida apenas em algumas canções. Alguns trechos lembram características presentes em Filhos do Homem, Third Day ou Heloísa Rosa, que são elogiáveis, e outros, de aspectos não tão elogiáveis assim, remetem a certas produções já bastante massificadas e exploradas. A expectativa que fica é que, a partir do encontro de estilos e referências (boas ou ruins) marcados nesse álbum, Thiago Rodrigo Banda encontre o próprio caminho e, com as condições necessárias, prossiga com esse projeto que tem em “Confiarei” não apenas um passo, mas já uma pequena caminhada. Vale o voto de confiança.

CONFIAREI
Ficha Técnica:
Produção Executiva: Thiago Rodrigo
Produção Musical: Marcelo Vieira
Vocal: Thiago Rodrigo
Bateria: Jefté Caetano
Teclados: Daniel Valter (Japa)
Guitarra: Marcelo Vieira
Baixo: Israel Vieira
Gravação: Área Estúdio (Joinville – SC)
Fotografia: Arlei Schmitz e Michel Ribeiro
Projeto Gráfico: MCR Design

Leia aqui no Amplificador um breve perfil do grupo e acompanhe pelo site oficial as atividades da banda.

Nova programação do SC Gospel Festival traz Apocalipse 16

Transferido devido às ocorrências da gripe A (H1N1), o Santa Catarina Gospel Festival divulgou na semana passada os novos horários das apresentações, agora com a presença do grupo Apocalipse 16, que substitui a cantora Nívea Soares, impossibilitada de participar na nova data devido a outros compromissos na agenda. Os demais artistas se ajustaram às mudanças e continuam os mesmos, apenas com a ordem de apresentação alterada. Inicialmente programado para os dias 3, 4 e 5 de setembro em São José (SC), o evento foi alterado para os dias 12, 13 e 14 de novembro, seguindo recomendações da Secretaria de Estado da Saúde. Os ingressos já adquiridos permanecem valendo, mas quem desejar o reembolso pode solicitar no mesmo ponto de venda onde foi feita a compra.

Confira a nova programação:
Dia 12 de novembro de 2009, quinta-feira
20h00 – Mariana Valadão e Banda
21h15 – Oficina G3
23h00 – Davi Sacer e Banda

Dia 13 de novembro de 2009, sexta-feira
20h00 – André Valadão e Banda
21h15 – Rodolfo Abrantes
23h00 – Apocalipse 16

Dia 14 de novembro de 2009, sábado
19h00 – Davi e Elias
21h00 – Pr. Antônio Cirilo e Banda Santa Geração
23h00 – Filhos do Homem

Acesse o Site Oficial do evento e saiba mais sobre ingressos, caravanas, notícias e outras informações.

UPDATE 30/10:
Local do evento alterado para Passarela Nego Quirido em Florianópolis (SC).

Related Posts with Thumbnails
Creative Commons License
O blog Amplificador, de [jb] João Batista, está sob uma licença Creative Commons Atribuição-Uso Não-Comercial-Vedada a Criação de Obras Derivadas 3.0 Brasil License.
Based on a work at Blog Amplificador.
Permitida a reprodução, total ou parcial, desde que citada a fonte e o autor, exceto para uso com fins comerciais.

Amplificador © 2008. Template by Dicas Blogger.

TOPO