sábado, 27 de fevereiro de 2010

Marcos Witt, Leeland, P.O.D. e Anberlin no Brasil em 2010

Marcos Witt
No dia 6 de maio (quinta-feira), a partir das 19hs, o cantor Marcos Witt se apresenta no Expotrade, em Pinhais (PR), região metropolitana de Curitiba (PR), em show de divulgação de seu mais recente álbum “Sobrenatural”. Os preços dos ingressos variam de R$ 30,00 (pista) até R$ 120,00 (camarote) e podem ser adquiridos via internet e em toda rede de lojas das livrarias Curitiba no Paraná, Santa Catarina, Rio Grande do Sul e São Paulo. Fernandinho, Samuel Barbosa e outros cantores do casting da CanZion Produções farão a abertura do show. Outras informações no site oficial do evento: http://www.marcoswitt.com.br/site/index.php

Leeland
Pela primeira vez no Brasil, a banda norte-americana Leeland estará na Conferência Livres 2010, que acontece nos dias 21 e 22 de maio na Igreja Bíblica da Paz, em São Paulo (SP). A banda faz duas apresentações: no dia 21/05, sexta-feira, às 22hs, e em 22/05, sábado, às 19hs. Inscrições pelo site www.livres2010.com no valor de R$ 30 (avulso) e R$ 60 (integral dois dias). Confira no site oficial da banda.

P.O.D.
Em turnê pela América do Sul, num roteiro que inclui Argentina, Guatemala, Costa Rica e Colômbia, a banda P.O.D. fará sete shows no Brasil durante o mês de março. Confira os dias e os locais:
20/03 – Goiânia (GO), na Faculdade Sul-Americana
21/03 – Brasília (DF), na UnB
24/03 – Belo Horizonte (MG), no Music Hall
25/03 – São Paulo (SP), no Via Funchal
26/03 – Rio de Janeiro (RJ), no Clube Mauá
27/03 – Recife (PE), no Clube Português
28/03 – Vitória (ES), no Ilha Acústica (TBA)

Outras informações no site oficial da banda.

Anberlin
Outro grupo que também fará diversos shows no Brasil é o Anberlin. A banda passa por cinco capitais entre os dias 24 e 28 de março. Confira:
24/03 – Curitiba (PR), no John Bull Music Hall
25/03 – Porto Alegre (RS), no Bar Opinião
26/03 – Fortaleza (CE), no Armazém
27/03 – São Paulo (SP), no Cash Club
28/03 – Rio de Janeiro (RJ), no Canecão

Informações sobre ingressos através dos promotores: Web Rockers Entertaiment e CP Management.

quinta-feira, 25 de fevereiro de 2010

Produtora joinvilense estreia segundo filme em abril

O segundo longa-metragem da produtora joinvilense Red Films está com lançamento previsto para abril. A estreia começa em Joinville e depois deve seguir para outras cidades. A fase de captação de imagens e gravações terminou no fim de 2009 e agora o grupo liderado pelo diretor Fábio Faria trabalha na edição e finalização do material. Antes intitulado “Nunca É Tarde Pra Recomeçar”, o filme teve que ser rebatizado para “Não É Tarde Pra Recomeçar”, devido a problemas com direitos autorais do primeiro nome. No enredo da produção, como o próprio título sugere, há uma alegoria sobre a questão do tempo e uma mensagem reflexiva sobre o sentido de recomeçar.

Experiente com apresentações de teatro em igrejas e empresas desde 2003, o grupo Red estreiou no circuito de cinema em 2008 com “As Estrelas Me Mostram Você”. O filme, um drama romântico sobre os dilemas de amor entre dois jovens, foi lançado como o primeiro no gênero evangélico no país, atributo que deu à produtora de Joinville notoriedade nacional. Para a nova produção, o investimento será maior e, na busca do público estrangeiro, o filme terá legendas em inglês e em espanhol.

(Via Cinema Cristão)

Os candidatos a melhor clipe do ano pelo Dove Award 2010

Oito clipes concorrem ao título de Melhor Vídeo de Curta Duração do Ano pela 41ª edição do Dove Awards, a maior premiação da música gospel mundial. Confira abaixo os candidatos e veja aqui a lista completa dos indicados em todas as categorias.

"Beautiful Ending" (Barlow Girl):

"Free to Be Me", (Francesca Battistelli):

"Hero" (Skillet):

"Live Life Loud" (Hawk Nelson):

"Lose My Soul" (TobyMac, featuring Kirk Franklin e Mandisa):

"Monster" (Skillet):
'

"Too Bright to See" (Underoath):

"Wait and See" (Brandon Heath):

terça-feira, 23 de fevereiro de 2010

A cara à tapa. Na capa.

A capa grita liberdade. Pede explosão, fogo, tempestade. A capa quer te queimar, te pegar pela garganta, te deixar pasmo, sem fôlego, tem comer pelos olhos, te pegar pelas mãos. A capa é uma mulher seduzindo com roupas vermelhas. Quer cuidado, pede atenção e carinho. Quer teu beijo de amante, teu abraço de amigo, teu toque de admirador. A capa não se esconde, mostra-se escancarada, de salto alto. Está ali como um portal, uma passagem para o tesouro, um elo para seu canto interior, um convite para sua alma musical. Mais do que ser vista, a capa deseja o elogio, quer ser lembrada nos sonhos, comentada no papo de bar, citada em listas de artes, sair nas colunas sociais. A capa quer as capas dos jornais, os holofotes da TV, as fotos gigantes das revistas. A capa é senhora decidida. Ordena tua presença, abre a porta. Fala firme: entre e descubra-me. Viaje em mim.

A capa é uma dama. Elegante. Merece ser bem tratada. Mas há os brutos. E os brutos não amam. Eles maculam de mau gosto a veste branca da capa. Picham com breguice sertaneja um espaço privilegiado da obra, como se a capa fosse muro de subúrbio, que aceita os palavrões das gangues e a urina dos cães. Não adianta poses manjadas nem rostinhos angelicais photoshopados. Não adianta sorrisos artificiais e letreiros coloridos. Não adianta trejeitos de bom menino nem truques infantis de quem finge não gostar de aparecer. Não adianta esconder o narcisismo. Ele está na cara. Na capa. Não adianta a maquiagem. Não adianta: é brutalidade colocar foto do artista na frente do CD. É um estupro à dama da capa, a violação de um espaço que poderia ser dedicado à arte, à imaginação, ao delírio da liberdade criativa. Em tempos das vitrines virtuais, é inaceitável sacrificar o corpo da capa em favor da pieguice egoísta do autor. Ele que compre um porta-retrato e guarde para si mesmo.

Ao invés de atrair, repulsa. A cafonice dos brutos transforma a elegância da capa em dama vagabunda. Em outra palavra: prostituta. De galeria de arte à zona de baixo meretrício, eis na capa um lugar mal cheiroso e poluído, infectado por riscos, rabiscos e extravagâncias visuais feitas em linhas de produção. Se a originalidade da música seguir a “arte” da capa, então, o preço do prazer pode ser caro demais. Melhor passar de largo e evitar a agressão aos olhos e aos ouvidos. A fuga, no entanto, às vezes, é impossível. Até os bons artistas caem na sedução fácil das capas vulgares. E lá vai a banda posar ao estilo bad boy num ferro velho abandonado. E lá vai a cantora erguendo as mãos numa praia deserta, com o entardecer de uma tarde quente ao fundo. E lá vai o compositor fazendo graça com seu violão pouco usado numa foto estúpida de estúdio. E lá vai a dama gritar seu grito de protesto: foi traída mais uma vez. Valerá a mediocridade da ostra só se a pérola for de inestimável valor.

Alguém dirá que uma capa sedutora e impressionante também pode ser enganosa quanto ao conteúdo. Certamente. A capa é um ente feminino e, como tal, pode estar somente jogando com os sentidos dos observadores. Mas ela não pode ser enganosa quanto a si mesma. Arte é arte em si e não depende de ninguém. Nem de você, nem de mim. Qualquer coisa, jogue o CD fora, coloque a capa num quadro. E eis uma bela decoração para a sala de estar. Eis tua monalisa dos encartes. Eis tua dama virtuosa em meio às mulheres da vida. Celebre, não é sempre.

Dar a cara à capa é mais fácil do que dar a cara à tapa. É o caminho largo. E o fim, sabemos: é a perdição. Poucos se arriscam no estreito. Os brutos torcem os beiços. Eles também sabem. Mas alguém há de, ao menos por uma noite, não deixar uma dama chorar à porta. Alguém há de ouvir seu canto de sereia, seu convite ao mar profundo. Alguém há de querer ouvir a música mesmo antes do CD tocar. A primeira faixa está na capa.

Capas: da cafonice escancarada de uns à elegância criativa de outros

sexta-feira, 19 de fevereiro de 2010

Indicados ao Dove Awards 2010

A Associação de Música Gospel dos Estados Unidos divulgou nesta sexta-feira, dia 19, os indicados para a 41ª edição do Dove Awards, a mais importante premiação norte-americana da música cristã, que serve como um “Oscar” musical para artistas, produtores e gravadoras. As nomeações foram anunciadas em 41 categorias, dentre as 43 existentes. Jars of Clay, Skillet, Maher Matt e Jason Crabb são nomes que estão no topo da lista, com seis indicações cada. O produtor Bernie Herms lidera a lista geral com oito nomeações. Os vencedores desse ano serão conhecidos em 21 de abril, em cerimônia realizada em Nashville (EUA), com transmissão exclusiva pelo Gospel Music Channel (GMC). Confira abaixo a relação completa dos indicados:

Artista do Ano
Francesca Battistelli
Casting Crowns
Jason Crabb
Jars of Clay
TobyMac
Mary Mary
Skillet

Artista Revelação do Ano
Jonny Diaz
Kari Jobe
Revive
Sidewalk Prophets
Bluetree
Crystal Akin
Courtney Brian Wilson

Grupo do Ano
Casting Crowns
Gaither Vocal Band
Jars of Clay
Needtobreathe
Tenth Avenue North
Hezekiah Walker & LFC
Skillet

Cantora do Ano
Francesca Battistelli
Natalie Grant
Mandisa
Dawn Michele
Laura Story
Karen Peck Gooch
Heather Headley

Cantor do Ano
Jeremy Camp
Jason Crabb
Michael English
Brandon Heath
Bebo Norman
Mark Schultz
Donnie McClurkin
Smokie Norful

Canção do Ano
"Born To Climb" (Jeff & Sherri Páscoa, Wayne Haun e Joel Lindsey)
"By Your Side" (Tenth Avenue North)
"Free To Be Me" (Francesca Battistelli)
"God Is There" (Diamond Rio)
"I Will Rise" (Chris Tomlin e Louie Giglio)
"Let The Waters Rise" (Mikeschair)
"Revelation Song" (Jennie Lee Riddle)
"Somebody Like Me" (Neil Thrasher, Michael Boggs)
"Two Hands" (Jars of Clay)
"Why Can't All God's Children Get Along", (Karen Peck & New River)

Produtor do Ano
Ed Cash
Ian Eskelin
Wayne Haun
Bernie Herms
Jason Ingram, Rusty Varenkamp

Música de Rap/Hip Hop do Ano
"América" (Tracy Edmond)
"End of My Rope" (KJ-52)
"Go On" (B. Reith)
"Lost" (Da' Truth)
"Movin'" (Group 1 Crew)

Música de Rock do Ano
"Bring Me To Life" (Thousand Foot Krutch)
"Fight Inside" (RED)
"Hero" (Skillet)
"Mess of Me" (Switchfoot)
"Mystery of You" (RED)

Música de Rock/Contemporâneo do Ano
"Always" (Switchfoot)
"Can't Take Away" (Mikeschair)
"How He Loves" (David Crowder*Band)
"Lay 'Em Down" (Needtobreathe)
"You Give Me A Promise" (Fireflight)

Música Pop/Contemporânea do Ano
"City On Our Knees" (TobyMac)
"Free To Be Me" (Francesca Battistelli)
"Let The Waters Rise" (Mikeschair)
"My Deliverer" (Mandisa)
"Until The Whole World Hears" (Casting Crowns)

Música Inspiracional do Ano
Hold On to Jesus” (Austins Bridge)
Hosanna” (Selah)
Jesus Saves” (Travis Cottrell)
Since the World Began” (Matt Maher, Amy Grant, Ed Cash, Mac Powell)
The Only Hope” (Bebo Norman)

Música de Southern Gospel do Ano
Because He Lives” (Gaither Vocal Band)
Born to Climb” (Jeff & Sheri Easter)
If You Knew Him” (The Perrys)
Life Goes On” (Talley Trio)
Live With Jesus” (Oak Ridge Boys)

Música de Bluegrass do Ano
I Heard My Savior Calling Me” (Rhonda Vincent)
On The Other Side” (Brothers From Different Mothers, Dailey & Vincent)
This World Is Not My Home” (Ricky Skaggs)
When We Fly” (Little Roy Lewis & Lizzy Long)
Working On a Building” (Patty Loveless)

Música Country do Ano
Dry Bones” (Austins Bridge, PD Arr)
God Is There” (Diamond Rio)
King of the World” (Point of Grace)
Somebody Like Me” (Jason Crabb)
Thank God For Kids” (Ernie Haase & Signature Sound)

Música Urbana do Ano
Avaylable” (Kortney "Mali Music" Pollard)
Close To You” (BeBe & CeCe Winans)
Just Love” (Brian Courtney Wilson)
Just Wanna Say” (Israel Houghton)
You Never Let Me Down” (Marvin Winans Jr.)

Música Gospel Tradicional do Ano
Always Remember” (Andrae Crouch)
Don't Do It Without Me” (Bishop Paul S. Morton)
How I Got Over” (Vickie Winans)
Justified” (Smokie Norful)
Oh Happy Day” (Queen Latifah)

Música Gospel Contemporânea do Ano
Awesome God” (Fred Hammond)
Dear God” (Smokie Norful)
Every Prayer” (Israel Houghton, com Mary Mary)
So Good” (Melinda Watts)
Souled Out” (Hezekiah Walker & Love Fellowship Choir)
The Power of One” (Israel Houghton)
Wait On The Lord” (Donnie McClurkin)

Canção de Louvor do Ano
Alive Again” (Matt Maher)
Hosanna” (Paul Baloche)
I Will Rise” (Chris Tomlin)
New Song We Sing” (Meredith Andrews)
Revelation Song” (Jennie Lee Riddle)

Álbum de Rap/Hip Hop do Ano
Five Two Television (KJ-52)
Now Is Not Forever (B.Reith)
Reiterate (GRITS)
The Big Picture (Da' Truth)
Thrilla (Delmar "Mr. Del" Lawrence)

Álbum de Rock do Ano
Awake (Skillet)
Constellation (August Burns Red)
Crash (Decyfer Down)
Innocence and Instinct (RED)
Searchlights (Abandon)
Welcome to the Masquerade (Thousand Foot Krutch)

Álbum de Rock/Contemporâneo do Ano
Church Music (David Crowder*Band)
Confessions (Pillar)
It Is Well (Kutless)
Love & War (BarlowGirl)
The Outsiders (Needtobreathe)

Álbum de Pop/Contemporâneo do Ano
Come Alive (Mark Schultz)
Mikeschair (Mikeschair)
Speaking Louder Than Before (Jeremy Camp)
The Long Fall Back to Earth (Jars of Clay)
These Simple Truths (Sidewalk Prophets)

Álbum Inspiracional do Ano
A Grand New Day (Women of Faith Worship Team)
Fearless (Phillips, Craig & Dean)
Jesus Saves Live (Travis Cottrell)
Live At Oak Tree: Aaron & Amanda Crabb (Aaron & Amanda Crabb)
You Deliver Me (Selah)

Álbum de Southern Gospel do Ano
Almost Morning (The Perrys)
Gaither Vocal Band Reunited (Gaither Vocal Band)
North America Live! (The Hoppers)
Treasure (Janet Paschal)
Worth It (Brian Free & Assurance)

Álbum de Bluegrass do Ano
Blue Ridge Mtn. Memories (The Marksmen Quartet)
Breaking Like Dawn (Little Roy Lewis & Lizzy Long)
I Have Been Blessed (The Far City Boys)
I Just Want to Thank You Lord (Larry Sparks)
Lord, Bless This House (Nothin' Fancy)
The Isaacs...Naturally (The Isaacs)

Álbum Country do Ano
Jason Crabb (Jason Crabb)
Live At Oak Tree: Austins Bridge (Austins Bridge)
Never Going Back (Collin Raye)
The Reason (Diamond Rio)
Then Sings My Soul: 24 Favorite Hymns & Gospel Songs (Ronnie Milsap)

Álbum Gospel Tradicional do Ano
50 Years: It's Been Worth It All (Dorothy Norwood)
Fall On Me (Lee Williams & The Spiritual QC's)
Shout! Live (Mike Farris & The Roseland Rhythm Revue)
Stepping Up & Stepping Out (Clarence Fountain, Sam Butler and The Boys)

Álbum Gospel Contemporâneo do Ano
America (Tracy Edmond)
Audience of One (Heather Headley)
Love Unstoppable (Fred Hammond)
Smokie Norful Live (Smokie Norful)
Souled Out (Hezekiah Walker)

Álbum Instrumental do Ano
A Moment's Peace Vol. 1 (Christopher Phillips, John Catchings)
A Moment's Peace Vol. 2 (Christopher Phillips, John Catchings)
Joy Comes In the Morning (Stan Whitmire)
Mercy Mercy Mercy (Ben Tankard)
Smooth Praise (Sam Levine)

Álbum de Música Infantil do Ano
Great Worship Songs for Kids Vol. 3 (GWS Kids Praise Band)
I Shine Jamz, Vol. 1 (Todd Collins for Beatmart Productions, Carl Hergesell)
Shout Praises, Kids – Today Is the Day (Vários artistas)
The Real Thing (pureNRG)
Veggie Tales: Here I Am to Worship (featuring Natalie Grant e Aaron Shust)

Álbum em Língua Espanhola do Ano
Adorandote (Julissa)
Apasionado Por Ti (Rojo)
Cerca De Mi (Yamil Ledesma)
Le Canto (Kari Jobe)
Su Vida, Sus Pasos, Su Voz (Melodie Joy)

Álbum de Evento Especial do Ano
Compassion Art: Creating Freedom From Poverty (Vários artistas)
Fireproof: Original Motion Picture Soundtrack (Leeland, Third Day, Casting Crowns e outros)
Glory Revealed II: The Word of God In Worship (Vários artistas)
Hip Hope Hits 2009 (Vários artistas)
Oh Happy Day (Vários artistas)

Álbum de Natal do Ano
Christ Has Come (Big Daddy Weave)
Christmas Is (Mark Harris)
Every Light That Shines At Christmas (Ernie Haase & Signature Sound)
Glory In the Highest: Christmas Songs of Worship (Chris Tomlin)
The Family Force 5 Christmas Pageant (Family Force 5)

Álbum de Louvor e Adoração do Ano
A Grand New Day (Women of Faith Worship Team)
Alive Again (Matt Maher)
Awaken the Dawn (Keith & Kristyn Getty)
Church Music (David Crowder*Band)
Jesus Saves: Live (Travis Cottrell)

Musical do Ano
"A Baby Changes Everything" (Deborah Craig-Claar and David T. Clydesdale)
"Glorious Impossible" (Tom Fettke and Camp Kirkland)
"It's the Most Wonderful Time of the Year" (Sue C. Smith and Russell Mauldin)
"Reign, Jesus, Reign" (Marty Funderburk and Cliff Duren)
"See What a Morning" (Mark McClure and Camp Kirkland)

Musical Infantil/Juvenil do Ano
"Camp Wallaballa" (Pamela Vandewalker)
"Christmas Hang-ups" (Dennis Allen and Nan Allen)
"Get to the Manger!" (Jeff Sandstrom)
"GPS (God's Plan of Salvation)" (Celeste Clydesdale and David T. Clydesdale)
"The Best Christmas Present Ever!" (Celeste Clydesdale and David T. Clydesdale)

Coletânea de Coral do Ano
Everlasting Praise 2 (Mike Speck and Stan Whitmire)
Hallelujah! Light Has Come (Vários artistas)
Hymns of the Ages (Lari Goss)
Let the Worshippers Arise (Vários artistas)
Travis Cottrell: Jesus Saves: Live (Travis Cottrell)

Encarte/Embalagem do Ano
Live Life Loud (Hawk Nelson)
Lost In The Sound of Separation (Deluxe) (Underoath)
It’s All Crazy (Me Without You)
Long Fall Back to Earth (Limited Edition) (Jars of Clay)
Forget and Not Slow Down (Relient K)
Long Fall Back to Earth (Jars of Clay)

Vídeo de Curta Duração (Clipe) do Ano
"Beautiful Ending" (Barlowgirl)
"Free to Be Me" (Francesca Battistelli)
"Hero" (Skillet)
"Live Life Loud" (Hawk Nelson)
"Lose My Soul" (TobyMac featuring Kirk Franklin and Mandisa)
"Monster" (Skillet)
"Too Bright to See" (Underoath)
"Wait and See" (Brandon Heath)

Vídeo de Longa Duração (DVD) do Ano
"45 Days" (Demon Hunter (documentário)
"A Gospel Journey" (Oak Ridge Boys)
"A New Hallelujah: The Live Worship DVD" (Michael W. Smith)
"Faith + Hope + Love" (Hillsong Live)
"Live At Oak Tree: Austins Bridge" (Austins Bridge)
"Live Revelations" (Third Day)

(Via GospelMusicChannel)

quinta-feira, 18 de fevereiro de 2010

Banda Fixar: novo site e novas músicas para ouvir


Agora só falta mesmo o lançamento do CD. A banda Fixar, de Joinville (SC), está com novo site no ar e, para compensar um pouco a espera, com mais duas músicas disponibilizadas para o público ouvir. São as faixas “Horizonte” e “Ainda Quero Estar Aqui” que, junto com “Teu Olhar”, agora podem ser conferidas no site enquanto o CD não chega. No novo endereço também estão as primeiras informações sobre a banda, agenda, formas de contato e álbum de fotos.

O álbum de estreia da Fixar, “Quero Te Ver”, tem gravação pelo estúdio FdH, do ministério Filhos do Homem em Pato Branco (PR), e está em fase de finalização. A banda tem se apresentado em diversos eventos levando um pouco do repertório desse primeiro disco. A expectativa é para que em breve o trabalho esteja nas lojas, rodando na praça, tocando nas rádios e fixando-se no gosto do púbico. (Leia mais sobre a Fixar neste post).

quarta-feira, 17 de fevereiro de 2010

Newworldson: homens brancos também sabem fazer soul (e blues, e jazz, e reggae...)


Newworldson é um quarteto canadense que vem surpreendendo pela mistura criativa entre o pop, o blues, o jazz, o funk, o reggae e a soul music. Não fosse o grupo formado lá pelas bandas das Cataratas do Niágara, em Ontário (Canadá), daria para confundir com algum conjunto popular do sul dos Estados Unidos, às margens do rio Mississipi, daqueles que trazem à flor da pele a alma da música negra americana. Apesar do deslocamento geográfico, Newworldson encarna com personalidade o espírito e a vibração dos sulistas.

O álbum de estreia do grupo, “Roots Revolution”, foi lançado em 2006 de forma independente e rendeu, no ano seguinte, dois prêmios pela Associação de Música Gospel do Canadá (GMA Awards). Com o reconhecimento veio a assinatura de contrato com a gravadora Inpop Records, o que permitiu ampliar o campo de influência da banda para terras estrangeiras. Em 2008, o CD “Salvation Station” debutou o grupo no selo da Inpop e logo já figurava nas listas dos melhores álbuns do ano, inclusive com duas indicações para o Juno Awards, premiação tradicional da indústria fonográfica canadense. Esse disco realmente impulsionou a carreira do grupo de forma muito rápida. Os prêmios recebidos e a aprovação da crítica motivaram excursões ao exterior. Em dois anos rodando com “Salvation Station”, a banda já fez turnê na América do Norte, Europa, Austrália e Nova Zelândia, mostrando performances que deixaram o público impressionado.

NOVO CD
No dia 23 de fevereiro, Newworldson lança o terceiro álbum da sua ainda curta trajetória. O trabalho leva o próprio nome da banda e é aguardado com muita expectativa. Conforme a concepção de Joel Parisien, líder do quarteto, o novo projeto é fortemente inspirado nas viagens internacionais feitas pela banda, com a captura de nuances musicais e culturais próprias dos lugares visitados. O CD traz 12 canções e conta com a participação de Mark Mohr, vocalista da reggae band Christafari, na faixa “Total Eclipse” e do coral Toronto Mass Choir em outras duas (veja vídeo). O single “There Is A Way” pode ser conferido no MySpace do grupo.

Newworldson é:
Joel Parisien (vocal, teclados)
Joshua Toal Franklin (guitarra, vocal)
Rich Moore (baixo acústico, baixo elétrico, vocal)
Mark Rogers (bateria, percussão)

Discografia:
2006 – “Roots Revolution
2008 – “Salvation Station
2010 – “Newworldson

Links:
Site: http://www.newworldson.com/
MySpace: www.myspace.com/newworldson
Twitter: http://twitter.com/newworldson
Youtube: http://www.youtube.com/newworldson

Veja abaixo uma apresentação ao vivo da faixa-título do álbum “Salvation Station”. Trecho inicial da letra diz: “Há um trem saindo do Calvário / E está indo para a estação da salvação / Eu vou pular naquele trem / E nós vamos chegar à estação de salvação no céu”:


A seguir, “Sweet Soul Music”, canção do primeiro CD:


(Com informações de Wikipedia e Newworldson)

terça-feira, 16 de fevereiro de 2010

Clássicos de terça: “Jesus Em Tua Presença” (Asaph Borba)

Essa é uma das canções que fazem parte da trilha sonora da conversão de muita gente. “Jesus Em Tua Presença” é uma composição de Asaph Borba, gravada pela primeira vez em 1986 para o LP “Restauração II – Canções do Espírito Santo”, com arranjos feitos em parceria com Gerson Ortega e João Batista dos Santos. O disco, lançado pela produtora do cantor, a Life Produções, foi o primeiro trabalho de Asaph gravado ao vivo junto com sua igreja em Porto Alegre (RS) e rendeu uma das maiores vendagens na época. Hoje, “Jesus Em Tua Presença” é faixa obrigatória em qualquer coletânea dos grandes sucessos de Asaph Borba.

O cantor iniciou a carreira em 1974 e o primeiro LP (“Celebraremos Com Júbilo”) veio em 1978, num disco feito a quatro mãos com a ajuda do cantor americano Donald Stoll – grande mentor do ministério musical de Asaph Borba. Junto com o ministério VPC (Vencedores Por Cristo), a equipe de Asaph foi pioneira na produção e difusão de cânticos congregacionais – aqueles feitos especialmente para serem cantados nos cultos nas igrejas –, razão pela qual as músicas, com letras de fácil assimilação, ainda ecoam em nosso tempo com vibração e espiritualidade.

Letra:
Jesus em Tua presença, reunimo-nos aqui
Contemplamos tua face e rendemo-nos a ti
Pois um dia tua morte trouxe vida a todos nós
E nos deu completo acesso ao coração do Pai

E o véu que separava já não separa mais
A luz que outrora apagada agora brilha
E cada dia brilha mais

Só prá te adorar
E fazer Teu nome grande
E te dar o louvor que é devido
Estamos nós aqui

quinta-feira, 11 de fevereiro de 2010

Em outras palavras... (29)

Verdades bíblicas:

quarta-feira, 10 de fevereiro de 2010

Álbum de 20 anos do Fruto Sagrado traz duas faixas novas


Formação enxuta e renovada: Sylas, Bene e Vanjor

Após cinco anos de poucas notícias e muitas especulações, a banda Fruto Sagrado, enfim, traz ao público uma novidade concreta. É o álbum “Fruto Sagrado 20 Anos”, coletânea comemorativa que traz duas músicas novas e regravações de sucessos dos dois últimos álbuns, agora na voz no novo vocalista, Vanjor.

Nas 10 faixas do CD, “Ao Fim do Dia” e “Escravos do Porvir” são as inéditas. “Superman”, do álbum “Distorção” (2005), ganha uma nova versão. As demais são sete músicas em nova roupagem retiradas de “O Que Na Verdade Somos” (2003), conforme releitura instrumental e vocal capitaneada por Sylas Jr. (bateria) e Bene Maldonado (guitarra). Como músicos convidados, o baixista Marcos Quarterolli e o tecladista Daniel Tinco participaram especialmente deste trabalho.

O álbum leva o selo da própria banda, fora da gravadora MK desde 2007, e está sendo lançado e distribuído de forma independente. A principal maneira de adquirir o lançamento é através da loja virtual do Fruto Sagrado, que comercializa o produto com frete grátis para todo o Brasil.

O Fruto Sagrado completou duas décadas de história no ano passado, em meio a boatos sobre o fim da formação após a saída do vocalista Marco Antônio, também baixista e um dos fundadores do grupo. Mais do que uma comemoração, “Fruto Sagrado 20 anos” representa uma sobrevida à banda, agora seguindo sem nenhum dos integrantes originais e com os desafios de gravar e lançar com recursos próprios.

Tracklist “Fruto Sagrado 20 Anos”:
1. Uma Noite de Paz
2. Diferente dos Anjos
3. O Que Na Verdade Somos
4. Ao Fim do Dia
5. A Sanguessuga
6. Superman
7. Não Quero Mais Acordar Assim
8. Escravos do Porvir
9. Sangue de Abel
10. Ninguém Me Encontrará Entre os Fracos

terça-feira, 9 de fevereiro de 2010

Vídeo: "Desperate", by Fireflight

Confira clipe de "Desperate", novo single da banda Fireflight, que lança hoje o mais novo álbum "For Those Who Wait", pela Flicker Records. Você pode escutar as 10 faixas do disco na íntegra neste link.

sexta-feira, 5 de fevereiro de 2010

Banda Convicção em Joinville

A banda Convicção, de Curitiba (PR), se apresenta neste sábado em Joinville, por ocasião do início das atividades em 2010 do grupo de jovens da 1ª Igreja do Evangelho Quadrangular. O evento acontece na sede da igreja (Rua Profª Senhorinha Soares, 75, Anita Garibaldi) a partir das 20hs e a entrada é gratuita.

Composta por seis integrantes na formação atual, a banda Convicção surgiu em 1997, a partir da equipe de louvor de uma igreja. Mesmo com todos esses anos de estrada, o primeiro CD, "Para Sempre", veio apenas em 2009. Ultimanente o grupo tem se dedicado na divulgação desse álbum, cujo repertório será apresentado pela primeira vez em Joinville. Para quem gosta do pop rock de bandas alternativas, eis uma opção para o fim de semana.

O rei do rock em Joinville


(Foto: Jessé Giotti)

Elvis Presley morreu, mas Jaime Leandro vive. Ele não toca instrumento musical, não integra uma banda e nem se veste de preto. Mas, para muitos, Jaime é o rei do rock em Joinville. Isto porque há mais de 20 anos virou uma referência na cidade quando o assunto é rock. Com 47 anos, ele é dono de uma loja de artigos especializada no gênero, a Rock Total Discos. Do emocore ao heavy metal, do punk ao grunge, é difícil encontrar um roqueiro que não o conheça.

Há uma variedade de estilos na loja, assim como nas preferências do dono. Jaime não tem uma banda preferida, mas escuta AC/DC, Pink Floyd, Metallica e Ramones. Cada dia, escolhe uma banda diferente. Mas nem só de rock vive Jaime. Ele também respeita o gênero sertanejo e admira a música popular brasileira.

Desde que o rock entrou na vida de Jaime, tomou conta do tempo dele. A ponto de não ter férias há 21 anos. Para compensar, nos fins de semana, ele prefere ir à chácara, em Araquari, onde tem ovelhas, peixes e três cães. Mas não descarta vender a loja. “É desgastante. Trabalho todos os dias, mas é difícil abrir mão, sei que vai fazer falta.”

A família mora no prédio em frente à loja. Jaime e a mulher, Maria Goreti Leandro, 42 anos, se revezam no trabalho. Ela também prefere o rock. O filho, Carlos Eduardo, herdou o gosto e aprendeu a tocar guitarra. Juntos, eles já organizaram excursões para shows em outras cidades. Exemplos são os eventos do Curupira Rock Club, em Guaramirim, e o show dos Ramones, em Balneário Camboriú.

“Ele é um sustentáculo da música ‘pesada’ em Joinville. É um referencial. Ele vai atrás e está aberto ao diálogo. Procura o que o público quer, valoriza o cliente e não desaprova nenhum estilo”, afirmou o roqueiro e analista judiciário Flávio Dauner, 48 anos. Ele foi um dos primeiros clientes e se tornou amigo de Jaime, amizade que já dura mais de 20 anos. Para Maria, a qualidade de Jaime é ser honesto. “Isso supera tudo. Todas as pessoas que o conhecem sabem disso.”

Jaime nasceu em Vidal Ramos, mas se mudou para Joinville quando tinha 22 anos. Antes de montar a loja (em parceria com o cunhado Evaldo Knies), trabalhou como metalúrgico e, por dois anos, intercalou as funções. Até que saiu da metalurgia e se dedicou ao comércio “metaleiro”, exclusivamente. “Hoje, o preconceito diminuiu bastante. Muitos achavam que [roqueiros] era um bando de loucos”, conta Jaime, ao lembrar o início de seu negócio.

“A Rock Total e o Jaime já são quase a mesma pessoa. Quando se lembra de rock’n’roll em Joinville, no âmbito, não só de discos, mas no de formar roqueiros na cidade, ele e a loja têm, sem dúvida, uma influência”, entende Dinho, da banda Sexy Pearl.

Por Ludimila Castro (publicado originalmente no jornal A Notícia em 30/01/2010)

quinta-feira, 4 de fevereiro de 2010

Em outras palavras... (28)

Nada é tão novo, nada é tão velho:

(Via Jacaré Banguela)

quarta-feira, 3 de fevereiro de 2010

Jars Of Clay lança primeiro EP da série “Live At Gray Matters

Foi lançado nesta terça, dia 2, o primeiro volume da série de quatro EPs digitais programada pela banda Jars Of Clay para 2010 através do projeto “Live At Gray Matters”. Esse EP de abertura contempla unicamente faixas do álbum mais recente da banda, “The Long Fall Back To Earth”, enquanto os demais focarão sucessos de álbuns variados, inclusive do primeiro disco (1995). O material está disponível online via iTunes.

Tracklist “Live At Gray Matters – Vol. 1”:
1. Don’t Stop
2. Heart
3. The Long Fall / Weapons
4. Safe To Land
5. Two Hands
6. Live At Gray Matters (vídeo)



Cada volume da série contém cinco faixas de áudio mais um vídeo da banda gravando as músicas no estúdio Gray Matters, selo fundado pelo grupo em Nashville, após saída da Essential Records em 2007. O lançamento dos volumes seguintes acontece conforme o início das próximas estações nos EUA: primavera, verão e outono de 2010.

Confira abaixo uma pequena amostra liberada pelo grupo do vídeo deste primeiro EP. A gravação completa soma quase 25 minutos:
Live from Gray Matters Promo from Digital Bohemia on Vimeo.

(Com informações de Jesus Freak Hideout)

segunda-feira, 1 de fevereiro de 2010

Ganhadores do Grammy 2010

Confira os vencedores da 52ª edição do Grammy Awards na categoria Gospel. Prêmio foi anunciado nesse domingo, 31, em cerimônia realizada em Los Angeles.

Melhor Performance Gospel
Wait On The Lord” – Donnie McClurkin Featuring Karen Clark Sheard – Verity

Melhor Canção Gospel
God In Me” – Mary Mary featuring Kierra “KiKi” Sheard – Columbia Records

Melhor Álbum de Rock ou Rap Gospel
Live Revelations” – Third Day – Essential Records

Melhor Álbum Pop/Contemporâneo Gospel
The Power Of One” – Israel Houghton – Integrity Music

Melhor Álbum Country, Bluegrass ou Southern Gospel
Jason Crabb” – Jason Crabb – Spring Hill Music Group

Melhor Álbum Tradicional Gospel
Oh Happy Day” – Vários Artistas – EMI Gospel

Melhor Álbum R&B (Rhythm and Blues) Contemporâneo Gospel
Audience Of One” – Heather Headley – EMI Gospel

Veja neste link a lista completa dos ganhadores em todas as categorias.

Fevereiro/2010: lançamentos internacionais

Dia 02:
Jars Of Clay – “Live At Gray Matters” (Digital Video EP) – Gray Matters
Kevin Max – “Traveler: Mora Brothers Remixes” (EP) – Gray Matters
Wrench In The Works – “Decrease/Increase” – Facedown

Dia 09:
Vicky Beeching – “Limited Edition 3-Track” (EP) – Integrity
TobyMac – “Tonight” – Forefront Records/EMICMG (Saiba mais)
TobyMac – “Tonight Deluxe Edition” (CD + DVD) – Forefront/EMICMG
Fireflight – “For Those Who Wait” – Flicker Records/Provident (Saiba mais)
Fair – “Disappearing World” – Tooth & Nail Records/EMICMG
Chasen – “That Was Then This Is Now” – INO Records/Provident
Stellar Kart – “Everything Is Different Now” – INO Records/Provident
Various – “Catalyst” – INO Records/Provident
Various – “Healer” – Integrity Music/Provident
Various – “24/7 Prayer: Exit Music” – Kingsway

Dia 16:
Gungor – “Beautiful Things” – Brash Music/Word
Hillsong Kids – “Ultimate Collection” – Integrity/Provident

Dia 23:
Starfield – “The Saving One” – Sparrow Records/EMICMG
Brenton Brown – “Adoration” – Kingsway/EMICMG
Roy Fields – “Rain Down: Songs Of Outpouring” – Kingsway/EMICMG
Guy Penrod – “Breathe Deep” – Spring House/EMICMG
newworldson – “newworldson” – InPop Records/EMICMG
Stuart Townend – “Introducing Stuart Townend” (EP) – Kingsway/EMICMG
The Rocket Summer – “Of Men And Angels” – Universal Music Group/EMICMG
Lifehouse – “Smoke & Mirrors” – Universal Music/EMICMG
Carlene Davis – “True Worship” – Universal
Carlene Davis – “Best Of Glory” – Universal
Various – “The Gospel Music Celebration Pt. 1 Tribute To Bishop G.E. Patterson Deluxe” – Universal
Various – “Men Of Gospel Music” – Universal
Various – “The Power Of The Cross” – Kingsway

Dia 26:
Mortification – “Break The Curse 1990-2010 – 20th Aniversary Gold Edition” – Roxx
Mortification – “Twenty Years In The Underground” (Germany Release) – SoundMass

(Compilado de Jesus Freak Hideout e New Release Tuesday)

Related Posts with Thumbnails
Creative Commons License
O blog Amplificador, de [jb] João Batista, está sob uma licença Creative Commons Atribuição-Uso Não-Comercial-Vedada a Criação de Obras Derivadas 3.0 Brasil License.
Based on a work at Blog Amplificador.
Permitida a reprodução, total ou parcial, desde que citada a fonte e o autor, exceto para uso com fins comerciais.

Amplificador © 2008. Template by Dicas Blogger.

TOPO