terça-feira, 22 de dezembro de 2009

Projeto do grupo Jeová Nissi ajuda crianças na Angola

Visando o desenvolvimento de uma política detalhada de apoio à população, especificamente, às crianças atingidas direta ou indiretamente pela guerra civil, que durou mais de 35 anos na Angola, o Ministério de Artes Jeová Nissi, por meio da Organização Cultural Nissi, criou em 2006, o projeto Tenho Fome. Segundo o líder do ministério, Caíque Oliveira, o projeto surgiu após uma viagem de dez dias para Angola. "Com a ida para lá, eu pretendia conhecer de perto as necessidades do país, em especial das crianças, vítimas de tantos conflitos armados, econômicos e sociais, tendo como a mais dura realidade a fome", disse. Quando Caíque retornou ao Brasil, estava decidido a voltar para Angola e a construir um orfanato para mil crianças. No início de 2009, uma equipe de 27 pessoas dentre brasileiros, uma argentina e uma americana, seguiram para o país, a fim de colocar a "mão na massa". "Além de ofertarem financeiramente no projeto, elas ajudaram, com suas próprias mãos, a construir ou a iniciar a construção, da estrutura que temos hoje. Uma escola com duas salas de aula, um refeitório, banheiros e uma casa para os missionários brasileiros. Ainda não finalizamos as obras, mas já temos crianças estudando", explicou Caíque.

Hoje, o projeto atende mais de 100 crianças que moram na comunidade do Kuito, Província do Bié, um dos locais mais atingidos pela guerra. "Lá, as pessoas não tinham perspectiva de nada. Mas, com a ajuda do projeto, as crianças podem sonhar com um futuro promissor. O Tenho Fome oferece a elas estudo de qualidade, material escolar, lazer e duas refeições diariamente. É por esse e outros fatores que dali, eu creio, sairão ministros de Deus que irão refinar a África", enfatizou. Ano que vem, a fim de concluir o refeitório e outros espaços da Aldeia Nissi, uma equipe de voluntários deve embarcar para mais uma fase do "Mão na Massa". Serão duas equipes. Uma em janeiro e outra em fevereiro. Os interessados devem enviar email para euvou@tenhofome.org.br.

CD “Tenho Fome
Uma das estratégias para arrecadar fundos para o projeto foi a idealização do CD “Tenho Fome”, que terá músicas interpretadas por pessoas que têm o coração inclinado para missões: Nívea Soares, David Quinlan, Rodolfo Abrantes, Fernanda Brum, Marcos Sales, Fernandinho, Paulo Baruk, entre outros. O CD será lançado em 2010.

Sobre o grupo Jeová Nissi
Jeová Nissi é um grupo de artes com cerca de 10 anos. O ministério já se apresentou em quase todos os estados do Brasil e em países como a Argentina, Paraguai, Chile, EUA, Canadá, Angola e Japão. Atualmente, existem quatro equipes, suporte administrativo de secretaria, assessoria de comunicação, agência de comunicação e representantes de vendas dos DVDs e outros materiais. As peças “O Jardim do Inimigo”, “A Senha” e “”, entre outras, são de autoria do grupo. Conheça mais sobre o ministério no website http://www.ministeriojeovanissi.com.br/.


Aldeia Nissi: desenhos no local foram feitos pelo ilustrador de Joinville (SC), Pierre Toniote, um dos vários colaboradores que colocaram seus talentos à serviço do projeto.

(Fonte: Revista Show Gospel)

Seja o primeiro a comentar

Related Posts with Thumbnails
Creative Commons License
O blog Amplificador, de [jb] João Batista, está sob uma licença Creative Commons Atribuição-Uso Não-Comercial-Vedada a Criação de Obras Derivadas 3.0 Brasil License.
Based on a work at Blog Amplificador.
Permitida a reprodução, total ou parcial, desde que citada a fonte e o autor, exceto para uso com fins comerciais.

Amplificador © 2008. Template by Dicas Blogger.

TOPO